Sábado, 29 de Maio de 2010

Dia Nacional da Energia

29 de Maio

  

Data de 1981, por iniciativa da Direcção Geral de Energia, a comemoração do «Dia Nacional da Energia».

 

A comemoração desta data tem como objectivos a sensibilização e motivação dos consumidores para as questões relacionadas com o sector energético.

 

 

 

Actualmente o sector energético assume um papel vital na nossa sociedade. No entanto este sector está directamente ligado também ao aumento das emissões do CO2 devido ao recurso das energias não renováveis e poluidoras.

 

É imperativo uma maior implementação e aproveitamento dos recursos naturais a fim de transforma-los em energia, pois estes permitem reduzir a importação e o consumo de fontes energéticas poluidoras e prejudiciais, além do mais as energias renováveis podem prover uma considerável melhoria na qualidade de vida e da competitividade do nosso país.

 

publicado por escolaverde às 11:04

Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

Dia Europeu dos Parques Naturais

24 de Maio

 

Parque Natural é uma área que se caracteriza por conter paisagens naturais, seminaturais e humanizadas, de interesse nacional, sendo exemplo da integração harmoniosa da actividade humana e da Natureza e que apresenta amostras de um bioma ou região natural.

 

 

Em Portugal

Em Portugal existem actualmente treze Parques Naturais: Montesinho, Douro Internacional, Litoral Norte, Alvão, Serra da Estrela, Tejo Internacional, Serras d'Aire e Candeeiros, São Mamede, Sintra-Cascais, Arrábida,  Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Vale do Guadiana e Ria Formosa. Os Parques Naturais da Serra da Estrela e Arrábida foram criados em 1976 enquanto o do Litoral Norte data de 2005.

 

 

 

 

A importância dos Parques Naturais

A actual extinção de um número crescente de espécies coloca o planeta num momento crítico ao nível da conservação da natureza e da sua biodiversidade. A noção de urgente preservação da biodiversidade, ou seja, a manutenção da variabilidade dos organismos vivos deverá ser de fácil assimilação pelos cidadãos: são de todos conhecidos os exemplos de espécies que povoaram o nosso planeta e que hoje se limitam ao imaginário dos jovens e das crianças.

 

 

“Defender o património natural e a sua maravilhosa diversidade é uma obrigação que deriva desde logo do conceito de património além de ser também uma questão de sobrevivência…”

publicado por escolaverde às 10:41

Sábado, 22 de Maio de 2010

Dia Internacional da Biodiversidade

22 de Maio

  

 

"Parar a perda de biodiversidade é uma absoluta prioridade para a União Europeia e um objectivo essencial para a Humanidade".

 

Biodiversidade

A biodiversidade engloba a variedade de genes, espécies e ecossistemas que constituem a vida no planeta. Assiste-se a uma perda constante deste conjunto, com extinções e destruições com profundas consequências para o mundo natural e o bem-estar humano.

 

  

Objectivos

Os principais objectivos do plano de acção a nível internacional visam reforçar a importância de conservar a biodiversidade tanto para o bem-estar do Homem como para o desenvolvimento da economia e consciencializar o maior número de pessoas possível.

Causas

As principais causas são as alterações nos habitats naturais, resultantes dos sistemas intensivos de produção agrícola, da construção, da exploração de pedreiras, da sobrexploração das florestas, oceanos, rios, lagos e solos, da introdução de espécies alóctones invasivas, da poluição e, cada vez mais, das alterações climáticas globais.

 

  

Consequências

A perda da biodiversidade está associada às alterações climáticas que tem impactos nas milhares de espécies de mamíferos, aves, anfíbios, répteis, borboletas e outros invertebrados. Estudos demonstram que nas seis zonas ricas em termos de biodiversidade que o planeta possui, em 2050 cerca de 15 a 37 por cento das espécies poderão estar extintas. 

 

 

 

Biodiversidade em Portugal

Para o efeito, Portugal está a criar uma Comissão Nacional, que será presidida pelo Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

 

 

Para tal é necessário que haja"uma articulação com o país vizinho, já que Portugal partilha uma área de geo-biodiversidade, com Espanha". 

 

 

 

 

"Juntos vamos proteger a biodiversidade...

Afinal de contas todas as espécies são importantes e vivemos todos no mesmo planeta..."

publicado por escolaverde às 10:01

Domingo, 09 de Maio de 2010

Dia Mundial das Aves Migratórias

 

9 de Maio

 

 


O Dia Mundial das Aves Migratórias foi criado para homenagear um dos mais grandiosos fenómenos da Natureza. No entanto, as celebrações deste dia têm vindo a ser ensombradas pelo número crescente de estudos e relatórios indicando que as populações destas aves estão em declínio à escala mundial.

 

 



 

 

A Organização das Nações Unidas declarou 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade. A diversidade biológica do nosso planeta é muito rica e surpreendente pois é o resultado de bilhões de anos de evolução que forma a complexa teia da vida da qual fazemos parte e na qual somos totalmente dependentes. A humanidade depende dessa diversidade, porque ela fornece-nos alimentos, combustíveis, remédios e outros itens essenciais.

 

 

 

 

Devido às actividades humanas há muitas espécies que estão em extinção. A actual taxa de extinção é mil vezes mais rápida que a habitual. Normalmente, extinguia-se uma ave por cada século, mas durante os últimos trinta anos, 21 espécies de aves desapareceram. No momento, 192 aves são classificadas como “Criticamente em Perigo”, como resultado da perda de habitat, caça, poluição, alterações climáticas, perturbação humana e outras.

 

 

 

 

Portugal abriga anualmente centenas de milhares de aves migratórias durante a época de reprodução ou como local de paragem entre o norte da Europa e o continente Africano. Áreas como os estuários do Tejo e do Sado, as rias Formosa e de Aveiro, as lagoas costeiras de Santo André e dos Salgados ou as arribas costeiras dos Açores e da Madeira são todos os anos colonizados por milhares de aves aquáticas migratórias de dezenas de espécies diferentes, muitas delas ameaçadas e com populações cada vez mais reduzidas.

 

 

 

 

Para salvar as aves migratórias tem-se que conservar os seus habitats, porque os pássaros são encontrados quase em toda parte do mundo, existindo mais de 10.000 espécies identificadas. Se uma espécie de ave torna-se ameaçada de extinção é um sinal claro que as condições, do próprio ecossistema, mudaram e que as outras espécies que dependem deste ecossistema podem estar a ser afectada também. Proteger todas as espécies, é essencial, porque uma espécie ao extinguir-se afecta todo ecossistema.

 

 

 

 

"Vamos salvar as aves migratórias em perigo – afinal de contas todas as espécies são importantes!"

 

 

 

Migratórias
publicado por escolaverde às 00:00


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21

23
25
26
27
28

30
31


Últ. comentários
bom trabalho
Gostei muitos de poder ajudar a fazer este trabalh...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado a quem gos...
Gostei muito do trabalho elaborado pela nossa turm...
Quero agradecer o texto ,pois estamos todas de par...
Muito obrigado pela oportunidade que nos deram. e ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigada por terem ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado por também...
Eu gostei muito do nosso trabalho. Obrigada por t...
Muito giro o nosso trabalho. Obrigada a toda gente...
subscrever feeds