Sexta-feira, 25 de Novembro de 2016

DSC_0010.JPG

DSC_0013.JPG

DSC_0048.JPG

DSC_0016.JPG

DSC_0081.JPG

DSC_0069.JPG

DSC_0084.JPG

DSC_0108.JPG

DSC_0098.JPG

 No âmbito das atividades a desenvolver durante a Semana da Reflorestação Nacional, decorreu, no passado dia 22 de novembro de 2016, na Biblioteca Municipal de Cinfães, uma palestra, proferida pelo Sr. Vice Presidente da Câmara Municipal de Cinfães, Dr. Serafim Rodrigues e pelo responsável florestal, Eng. Luís Ribeiro, que se debruçaram sobre a temática da importância da floresta e da alimentação sustentável como agentes potenciadores do desenvolvimento local.

De seguida, os alunos envolvidos na atividade, surpreenderam todos, com a declamação de poesias alusivas às árvores e aos produtos que a floresta nos proporciona. 

Simultaneamente decorreu uma exposição de utensílios usados no maneio da nossa floresta e dos produtos que ela nos proporciona.

A organização do evento foi da responsabilidade do Clube do Ambiente, da Escola Secundária/3 Prof. Dr. Flávio F. Pinto Resende, que contou com a colaboração ativa dos alunos das turmas do 2.º e 3º anos do Curso Técnico Profissional de Turismo Ambiental e Rural.

Com o desenvolvimento desta atividade pretendeu-se sensibilizar e incentivar a comunidade educativa, para a redução da pegada de carbono, através da valorização da floresta, como agente potenciador da máxima “Produzir local, consumir local”, condição necessária para a implementação de uma alimentação cada vez mais sustentável.

           O feedback foi animador, motivando-nos para próximas iniciativas.

 

 

 

publicado por escolaverde às 08:35

Segunda-feira, 07 de Novembro de 2016

hotel-ecologico-1.jpg

Veja este hotel ecológico na Suécia: uma completa suíte em forma de disco voador! O novo quarto chama-se UFO – sigla em inglês para o nosso OVNI, Objeto Voador não Identificado. Pré-fabricada com um material leve para ser instalada em floresta de pinheiros centenários. O TreeHotel oferece uma área de 30 metros quadrados com cama de casal, sala de estar com copa para refeições e uma casa de banho. Mas como os detalhes importam, uma enorme claraboia torna a instalação ainda mais irresistível: permite visualizar os efeitos da Aurora Boreal, típico nas estações frias na Suécia. Todos os seis incríveis quartos do hotel foram construídos por companhias locais para minimizar o impacto, e encaixaram-se na paisagem de maneira a não danificar as árvores. Materiais não tóxicos foram usados nas construções. Todas possuem iluminação com LED´s eficientes e com sistemas de eficiência hídrica. Além disso, todos os cômodos são limpos com produtos de limpeza eco-friendly. Tais medidas ajudaram o TreeHotel a ganhar um importante prémio sueco de hotelaria em 2011. - See more at: http://pelanatureza.pt/turismo-e-lazer/noticias/hotel-ecologico-46224622#sthash.u7nDE8th.dpuf

http://pelanatureza.pt/turismo-e-lazer/noticias/hotel-ecologico-46224622

publicado por escolaverde às 10:20


arquitetos-planeiam-torre-residencial-com-jardins-

O constante desenvolvimento urbano faz com que as grandes cidades tenham cada vez menos espaço físico para acomodar os seus habitantes. Esse facto tem intrigado arquitetos e urbanistas que procuram aliar espaço, segurança, conforto e natureza. Os arquitetos, Meir Lobaton e Kristjan Donaldson, mexicano e australiano respectivamente, uniram-se em 2009 para elaborar uma torre residencial de 36 andares na Cidade do México. O projeto abordou o equilíbrio entre o desejo de viver em uma residência uni-familiar com o custo da terra. A Torre Cuajimalpa, nome dado ao projeto, alia a vantagem de se viver num apartamento, sem sacrificar o conforto de ter um quintal. Jardins localizados em todos os níveis proporcionam uma área que é atraente e funcional para os moradores. Cada andar é organizado em torno de um único apartamento com 400 metros quadrados, com o acréscimo de uma extensão ajardinada de aproximadamente 160 metros quadrados. A mudança no posicionamento dos andares fornece espaço adequado para as árvores crescerem e para a penetração da luz. Estes desníveis também equilibram o verde, criando uma mistura de estrutura urbana com natureza. As áreas de estar internas são organizadas para tirar máximo partido dos jardins, que adicionam uma sensação de liberdade para as residências. - See more at: http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/arquitetos-planeiam-torre-residencial-com-jardins-individuais-46694669#sthash.rjtG3K7j.dpuf

http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/arquitetos-planeiam-torre-residencial-com-jardins-individuais-46694669

publicado por escolaverde às 10:17


casa-projetadas-para-resistir-ao-aquecimento-globa

casa-projetadas-para-resistir-ao-aquecimento-globa

O aquecimento global pode causar alguns eventos climáticos extremos, como inundações e mudanças climáticas repentinas. Com isso em mente, o site Ecofriend divulgou algumas casas projetadas especialmente para se manterem de pé frente a esses possíveis fenómenos naturais.Casas flutuantes O aumento do nível dos oceanos é algo realmente preocupante e, com isso em mente, uma casa flutuante seria algo genial. Feita por arquitetos holandeses, esta casa é alimentada por cabos, que levam eletricidade até ela. E tem até um deck para uma lancha. - See more at: http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/casa-projetadas-para-resistir-ao-aquecimento-global-46654665#sthash.fXvWFqlm.dpuf - See more at: http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/casa-projetadas-para-resistir-ao-aquecimento-global-46654665#sthash.fXvWFqlm.dpuf

http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/casa-projetadas-para-resistir-ao-aquecimento-global-46654665

publicado por escolaverde às 10:14


projeto-de-arquitetura-usa-jardim-vertical-em-esco

Escola usa diversas características sustentáveis na construção. O projeto de arquitetura com grandes paredes verdes foi feito pelo estúdio de arquitetura WOHA para uma escola de ensino médio especializada em artes visuais e cênicas de Singapura. Além das plantas em toda a área externa, o prédio permite entrada ampla de luz solar e ventilação natural. Para incentivar a interação entre os alunos, a escola conta com diversas áreas de interação entre os prédios. As paredes verdes foram projetadas principalmente para ajudarem com isolamento térmico e acústico do interior da construção. - See more at: http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/projeto-de-arquitetura-usa-jardim-vertical-em-escola-em-singapura-46744674#sthash.wEPZENUG.dpuf

http://pelanatureza.pt/construcao-sustentavel/noticias/projeto-de-arquitetura-usa-jardim-vertical-em-escola-em-singapura-46744674

publicado por escolaverde às 10:11


1083913.jpg

Já pouco sobra da grande densidade de engenhos hidráulicos que durante séculos produziu a farinha que o país amassou para o fabrico de pão.

Mais de duas centenas de moinhos de água, construídos entre os séculos XVII e XX, ao longo do percurso do Guadiana e nos seus afluentes e subafluentes, entre o sul da foz da ribeira do Caia e a vila de Mértola estão ao abandono. A grande concentração de um tipo de estruturas hidráulicas destinadas à moagem de cereal, que se destacam por terem sido concebidos para resistir às violentas enxurradas e à submersão por vários meses, torna este património único a nível nacional. Porém, “não está classificado”, reconhece Ana Paula Amendoeira, Directora Regional de Cultura do Alentejo.

https://www.publico.pt/local/noticia/moinhos-de-agua-do-guadiana-patrimonio-que-nao-esta-classificado-encontrase-em-ruinas-1749075

publicado por escolaverde às 10:07


1085737.jpg

 Depois de uma conferência histórica do clima, em Dezembro do ano passado, perto de 200 países voltam a reunir-se numa cimeira que pede decisões urgentes.

A cidade de Marraquexe aguarda, a partir de hoje, que os representantes de cerca de 200 países comecem a dar passos para concretizar o primeiro grande acordo mundial contra o aquecimento global, que entrou em vigor há quatro dias, menos de um ano depois de ter sido aprovado em Paris. A grande expectativa da 22.ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP22), que decorre até dia 18 na cidade marroquina, está em ver até onde os países estão dispostos a ir para respeitarem o compromisso que assumiram em Paris de limitar a subida da temperatura "bem abaixo dos 2 graus Celsius" relativos à era pré-industrial e a "continuar os esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5 graus Celsius".

https://www.publico.pt/mundo/noticia/uma-conferencia-em-marrocos-para-consolidar-acordo-historico-de-parisconsolidar-em-marrocos-o-acordo-historico-de-pariscimeira-em-marrocos-para-colocar-no-terreno-acordo-historico-de-paris-1750029

publicado por escolaverde às 10:04


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30


Últ. comentários
bom trabalho
Gostei muitos de poder ajudar a fazer este trabalh...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado a quem gos...
Gostei muito do trabalho elaborado pela nossa turm...
Quero agradecer o texto ,pois estamos todas de par...
Muito obrigado pela oportunidade que nos deram. e ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigada por terem ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado por também...
Eu gostei muito do nosso trabalho. Obrigada por t...
Muito giro o nosso trabalho. Obrigada a toda gente...
subscrever feeds