Quinta-feira, 15 de Outubro de 2015

981424.jpg

 Promotores não percebem como é que o mesmo projecto foi aprovado em 2006 e é agora reprovado. Câmara de Arcos de Valdevez congratula-se com a decisão do Governo.

A população local, muito dependente da agricultura, teme os impactos deste aproveitamento hidroelétrico sobre a rega, as consequências da circulação de máquinas e camiões nos caminhos lajeados da aldeia, a possibilidade de poluição do rio (considerado um dos mais limpos da Europa) e o impacto no turismo - o Sistelo tem sido divulgado como "o pequeno Tibete português" devido aos seus socalcos, exemplo da forma como as populações, durante séculos, ultrapassaram as difíceis condições orográficas para tornarem estas terras produtivas, irrigando-as através de levadas. Esta relação do homem com a montanha e o rio levou, em 2009, a que fosse proposta a sua classificação como Paisagem Cultural Evolutiva Viva. Mas os promotores dizem não compreender estes receios.

http://www.publico.pt/local/noticia/ministerio-do-ambiente-chumba-minihidrica-em-arcos-de-valdevez-1708732

publicado por escolaverde às 09:19


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
30
31


Últ. comentários
bom trabalho
Gostei muitos de poder ajudar a fazer este trabalh...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado a quem gos...
Gostei muito do trabalho elaborado pela nossa turm...
Quero agradecer o texto ,pois estamos todas de par...
Muito obrigado pela oportunidade que nos deram. e ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigada por terem ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado por também...
Eu gostei muito do nosso trabalho. Obrigada por t...
Muito giro o nosso trabalho. Obrigada a toda gente...