Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2015

osaft.produkte.jpg

As redes internacionais de comércio retalhista competem por quem procura os preços mais baixos, com uma concorrência implacável. O verdadeiro custo é pago por outros: ao longo das cadeias de abastecimento dos supermercados, subsistem ainda condições de trabalho inaceitáveis e com um impacto ambiental que precisa de ser reduzido.

 A cadeia de abastecimento do sumo de laranja concentrado Europeu é disso um excelente exemplo: nas plantações de sumo de laranja brasileiro os trabalhadores colhem os frutos que proporcionam 80% do sumo de laranja concentrado importado para a Europae 66% desse sumo é vendido sob marcas próprias de grandes supermercados líderes do mercado europeu*. Porém:

- O trabalhador das plantações colhe em média cerca de 1,5 toneladas de laranjas para obter um salário de 10 euros por dia. Não têm nenhuma proteção contra o sol e os frutos são colhidos, inclinando-se escadas simples contra as laranjeiras.

- Em 2014, foram usadas 34.000 toneladas de pesticidas para produzir 9,6 milhões de toneladas de laranjas brasileiras. Isso corresponde a 20% do consumo mundial de agro-tóxicos.

Os produtos de marcas próprias (ou “marcas brancas”) são responsáveis por 40% de todas as vendas de alimentos na Europa. A produção de marcas próprias desempenha um papel-chave na corrida que leva à exploração dos trabalhadores e aumento dos custos externos ambientais ao longo das cadeias de abastecimento. Portanto, os grandes supermercados têm de reconhecer a sua responsabilidade pelas violações dos direitos humanos e dos trabalhadores e pela destruição ambiental ao longo das cadeias de produção e fornecimento das suas marcas próprias!

A campanha SUPPLY CHAINGE vai para a rua a 27 de novembro em todos os 28 Estados-Membros. Com uma ampla gama de atividades, estaremos a pedir o fim da exploração e mais sustentabilidade ambiental na produção de marcas próprias dos supermercados.

A campanha SUPPLY CHAINGE lançou também uma petição, pedindo para que o sumo de laranja seja justo e sustentável. Exigimos uma melhoria das condições de trabalho e uma redução do impacto ambiental das cadeias de abastecimento europeias de sumo de laranja.

http://www.quercus.pt/comunicados/2015/776-novembro/4509-27-novembro-dia-internacional-de-acao

publicado por escolaverde às 09:04


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Últ. comentários
bom trabalho
Gostei muitos de poder ajudar a fazer este trabalh...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado a quem gos...
Gostei muito do trabalho elaborado pela nossa turm...
Quero agradecer o texto ,pois estamos todas de par...
Muito obrigado pela oportunidade que nos deram. e ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigada por terem ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado por também...
Eu gostei muito do nosso trabalho. Obrigada por t...
Muito giro o nosso trabalho. Obrigada a toda gente...