Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015

2999455-sucata02.jpg

 Os resíduos de fragmentação, a amálgama de vários materiais que resulta da trituração dos veículos, podem ser usados como matéria-prima para o fabrico de cimento em vez de serem apenas valorizados energeticamente nos fornos das cimenteiras como combustíveis alternativos, tal como acontecia até agora.

 Foi isso mesmo que provou um estudo apresentado por um conjunto de cimenteiras e três entidades gestoras – Valorcar, Valorpneu e Sociedade Ponto Verde – que foi apresentado no final de 2014 ao Ministério do Ambiente e à Agência Portuguesa do Ambiente.

O estudo vem demonstrar que há um contributo importante destes resíduos não só em  termos de valorização energética, mas também de reciclagem nessa vertente de matérias primas alternativas.

publicado por escolaverde às 12:22


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Últ. comentários
bom trabalho
Gostei muitos de poder ajudar a fazer este trabalh...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado a quem gos...
Gostei muito do trabalho elaborado pela nossa turm...
Quero agradecer o texto ,pois estamos todas de par...
Muito obrigado pela oportunidade que nos deram. e ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigada por terem ...
Gostei muito do nosso trabalho obrigado por também...
Eu gostei muito do nosso trabalho. Obrigada por t...
Muito giro o nosso trabalho. Obrigada a toda gente...